Papais, seja qual for o seu jeito, o seu estilo ou a sua limitação, acompanhe os estudos do seu filho e ajude-o quando for necessário! Porque não importa a forma; o que importa é o conteúdo. 

 

O desempenho escolar da minha filha me interessa sim, e é sobre isso que vou falar hoje!

════════════════════════

Numa casa verde de esquina, em um bairro distante do centro da cidade. Na manhã de uma quarta-feira qualquer, mas que não foi qualquer quarta-feira… 

 

Quando não tenho compromisso logo cedo, Elis me acorda por volta das 9:00. Uma hora depois eu saio do quarto, devido a complexa logística que envolve meu “despertar” diário. Mas, às vezes essa demora ocorre por interferência da Lavínia, que, de vez quando, quer brincar comigo na cama ou então resolve levar o material escolar para estudar ao meu lado.

Recentemente, fui despertado por um solavanco e senti que algo havia sido jogado – ou caído – sobre mim. Assustei e, ao abrir os olhos, vi uma garotinha linda em cima da minha cama e me olhando de pertinho.

Sim, era minha filha!

Ela tinha colocado “delicadamente” em cima de mim: um livro, um caderno e um estojo (aberto) cheio de acessórios. Adivinha? Dezenas de lápis, canetas e canetinhas coloridas rolaram sobre meu rosto. Ah! E faltou pouco para uma borracha não entrar na minha boca! Isso só não aconteceu por causa da máscara do BiPAP… que foi desligado depois.

Antes de perguntar o que estava acontecendo, fui informado – por ela – que eu deveria ajudá-la a estudar para a prova de História. Esforçando-me para manter os olhos abertos e ainda com o coração acelerado, disse à ela que ‘OK’, mas que mamãe não conseguiria me tirar da cama naquela hora, pois estava ocupada fazendo o almoço. Compreensiva como (quase) sempre, minha doce filha respondeu:

– Tudo bem pai, pode continuar deitado. Você me ajuda a estudar desse jeito mesmo.

E assim nós estudamos, até perto das 11:00. Ela, sentada ao meu lado, lia e copiava trechos do livro. Eu, deitado, fazia as perguntas a cada página finalizada.

Agora, estou ansioso para saber a nota que Lavínia atingiu nesta avaliação! Mas, para nós, o que valeu mesmo foi seu esforço para ter um bom desempenho!

E falando nisso, penso que a nota não é o fator mais importante no processo de aprendizagem. Avaliar não consiste somente em aplicar provas e dar notas… Ops! Este é um assunto complexo e polêmico, que ficará para uma próxima ocasião.

 

PS: É claro que mamãe fez os registros fotográficos desse momento tão especial! Disfarçadamente, ela conseguiu captar e eternizar estas cenas…

20190930 094511 scaled - A PARTICIPAÇÃO DOS PAIS NA VIDA ESCOLAR DA CRIANÇA INTERFERE NO FUTURO DELAS

20190930 094639 scaled - A PARTICIPAÇÃO DOS PAIS NA VIDA ESCOLAR DA CRIANÇA INTERFERE NO FUTURO DELAS




A vida é da cor que a gente a pinta.